"O que acontece numa 1ª sessão de Psicoterapia" ou "A 1ª entrevista"?


A 1ª entrevista em Psicoterapia tem alguns objetivos:

--> O psicólogo vai compreender a sua necessidade e avaliar se é caso para psicoterapia ou se é indicado algum outro tipo de encaminhamento;

--> Você tem a possibilidade de entender mais sobre o trabalho daquele(a) profissional e perceber se existe a 'empatia' necessária para estabelecer uma relação de entrega e confiança;

--> São acordados os combinados acerca do trabalho a ser realizado:
. Quantidade de sessões por semana;
. Dia e horários dos atendimentos;
. Valor dos honorários e forma de pagamento;
. Conduta em caso de faltas, reagendamentos, férias, etc;
. Forma de contato com o profissional;
. A importância da confidencialidade;
. Dinâmica dos encontros, entre outros detalhes.

É muito importante que você seja o mais sincero(a) possível quanto à questão que lhe motivou a procurar psicoterapia e sinta-se à vontade para perguntar tudo o que achar relevante a respeito do processo e do profissional que irá lhe acompanhar.

Cada psicoterapeuta tem sua maneira de conduzir a entrevista. De modo geral, vai questionar suas expectativas em relação à terapia, buscar elementos para compreender o sintoma ou as razões pelas quais você procurou ajuda, perguntará sobre sua vida atual relacionando suas necessidades ao seu histórico pessoal e irá lhe ouvir falar a respeito das suas vivências, sentimentos, desafios e desejos.

Antes da primeira entrevista, muitas pessoas costumam ficar ansiosas pois não sabem o que irão encontrar, nunca fizeram psicoterapia e sentem receio de falar sobre seus pensamentos mais íntimos e deixar transparecer suas emoções para um desconhecido.

Uma maneira de tranquilizar-se é lembrar de que você estará lidando com um(a) profissional que estudou e se preparou para lidar com o comportamento e os sentimentos humanos. Ele(a) atua sob um código de ética profissional que salienta a importância do sigilo sobre as informações conversadas nas sessões. O(A) psicoterapeuta não irá emitir nenhum tipo de julgamento sobre suas atitudes, sua maneira de pensar e a forma como você se sente.

A intenção é que você se sinta acolhido(a) e que ele(a) possa auxiliar no seu encontro consigo mesmo, melhorando sua qualidade de vida, facilitando seu autoconhecimento e ajudando a lidar com a questão principal que lhe levou a procurar a psicoterapia.



Priscila Provedel © Copyright - 2012. Todos os direitos reservados. Layout criado por Gabi Layouts